top of page
  • Foto do escritorMarta Jardi

Maceió-AL: a orla mais fotogênica do Nordeste

Maceió, conhecida como Caribe brasileiro, é a capital e a maior cidade do estado de Alagoas. É um dos principais centros do turismo de praia do litoral brasileiro.



Considerada uma das cidades com as praias mais belas do Brasil, Maceió é parada obrigatória para quem quer conhecer o litoral do Nordeste. Alagoas é a 2ª rota de turismo no nordeste atrás apenas da Bahia. São 40 km de praias, que apesar de serem praias urbanas, revelam tanta beleza quanto as praias desertas do litoral norte e sul do estado, fica a critério do turista escolher sua preferida.

De norte à sul existem praias lindas, com águas transparentes, cheias de piscinas naturais e muita oportunidade de descanso e diversão.


Quem ama postar fotos de viagem, passeios e lindas paisagens tem ainda mais motivos para visitar Maceió.

Separamos alguns pontos turísticos de Maceió, mas, de verdade, fica difícil escolher o que fazer. O lugar é maravilhoso, com praias para todos os gostos.

As principais praias de Maceió são Ponta Verde, Pajuçara, Sete Coqueiros e Jatiúca.



A campanha Maceió é Massa feita pela Prefeitura de Maceió, instalou alguns pontos de fotos pela orla.

Os locais escolhidos enaltecem as riquezas naturais e culturais da região, além de servir como pontos para fotografias e espaço de convívio com a família e amigos.


Maceió oferece muitas oportunidades para registrar cada momento, com várias opções de pontos criativos espalhados pela cidade, é difícil decidir quais desses lugares tão incríveis são os mais legais e vão render as melhores fotos.


CADEIRA GIGANTE


Uma grande atração na Praia de Ponta Verde, e vira parada obrigatória para fotos é a Maior cadeira de praia do mundo. O sucesso da cadeira de praia gigante somada à orla mais bonita do Brasil chamou a atenção, que aumentou o engajamento do destino Maceió e colocou esse e outros espaços criativos na rota do Turismo de Maceió.

A cadeira é gigante, e para subir, é preciso fazer um pouquinho de esforço, já que não tem nenhuma escada para ajudar na subida, mas vale a pena. A decoração fica de costas para o mar, o que garante um belo visual de fundo. Infelizmente, de dia tentamos tirar as fotos, mas tinha muita fila e não quisemos ficar esperando, então tiramos as fotos à noite, não garante um visual bonito do mar, mas ficou bem legal!




Ainda na orla de Ponta Verde, o Trono de Corais garante fotos no melhor estilo rainha/rei do mar.



No Alagoinhas, também em Ponta Verde, o Túnel de Bambu dá um ar mais romântico à paisagem, que conta ainda com a bela presença do farol.




FAROL


O Farol da Ponta Verde, que é um dos pontos turísticos de Maceió.

Inaugurado em 2 de Janeiro de 1922, sendo referenciado na época como um “Poste de Luz”, o Farol da Ponta Verde só ganhou a forma atual em 1949, com sua torre cilíndrica de 11 metros de altura, construída em alvenaria e instalada sobre pilares piramidais de concreto armado, aproveitando parte da estrutura construída pelo Conselho Nacional de Petróleo (CNP), que realizou no local perfurações em 1940.


É possível visitá-lo até sua base, tudo vai depender das marés. Mas a dica para quem for caminhar quando a maré está baixa use calcado fechado pois as pedras são verdadeiros esconderijos para os ouriços o que acaba machucando os pés. Importante: Caminhar com cuidado para não agredir a vida marinha. Esta visita vale muito a pena, e o melhor é gratuito.




A Praia de Ponta Verde é conhecida por sua animação e também pelo Letreiro Eu Amo Maceió, tradicional para fotos entre os turistas, foi criado para celebrar os 200 anos de Maceió, ele é ponto obrigatório para fotografias.



Caminho de Moisés em Maceió: conheça o fenômeno da Praia de Ponta Verde


O Caminho de Moisés é um banco de areia que aparece na maré baixa, formando um corredor mar adentro. O fenômeno apelidado de “Caminho de Moisés” é muito famoso em Maragogi, mas ele também acontece em Maceió na praia de Ponta Verde, encantando nativos e turistas do mundo inteiro que vêm visitar a capital alagoana.

O banco de areia formado na água recebe o nome em referência clara à passagem bíblica do livro de Êxodo, na qual Moisés dividiu o mar vermelho e libertou o povo do Egito.


Vale ressaltar que o nível da maré precisa estar entre -0.1 a 0.2 para que os bancos de areia sejam vistos perfeitamente. Por isso, antes da sua viagem, reserve o melhor dia de maré para visitar o Caminho de Moisés.




O grande segredo é ficar atento a tábua de marés e, quanto mais baixa a maré, melhor, e atentar para o horário que a maré atinge seu nível mais baixo e ir meia ou até uma hora antes, para que a maré mais baixa aconteça quando você estiver no final do Caminho e de tempo de retornar de forma segura.

Andar pelo Caminho de Moisés é uma das muitas coisas que você não pode deixar de fazer ao visitar Maceió.


Praia Sete Coqueiros 


A Praia dos Sete Coqueiros está localizada na Enseada de Pajuçara, esse que é um ponto de saída de várias jangadas que levam os turistas até às piscinas naturais da região. Esse nome foi dado a ela por conta da existência de sete coqueiros que nasceram estrategicamente posicionados em uma área da praia. Os coqueiros originais não existem mais, mas novas mudas foram plantadas próximos ao local em que eles ficavam.

a Praia dos Sete Coqueiros é perfeita para aqueles que buscam momentos de paz, sossego, num local de beleza natural ímpar. 

A faixa de areia é grande, bem fofa, e de tons dourados. Ao longo da orla tem vários coqueiros, perfeita para relaxar à sombra, enquanto aprecia a paisagem.




Praia de Pajuçara

Nessa praia você poderá aproveitar um mar calminho com piscinas naturais, ver corais e peixinhos.

O cartão postal da cidade é um dos pontos mais belos, mais atrativos e mais movimentados. Mas antes de se tornar um bairro, Pajuçara era só uma praia selvagem com um vilarejo de pescadores.


E aqui você pode fazer um passeio de jangada, que te levarão ao aquário natural mais visitado da cidade. A distância das piscinas da Pajuçara à costa é de 2,5 km.

Só tem que ficar de olho na maré, como há muitos corais e em alguns pontos são mais fundos, não dá para ir rápido.




E foi nessa Praia que escolhemos ficar 😍

Confira o vídeo de Maceió com dicas de passeios e a hospedagem na Praia de Pajuçara.



Jangadeiros Alagoanos


O monumento resgata a história de quatro jangadeiros que saíram de Maceió em direção ao Rio de Janeiro em uma jangada, há 96 anos, para homenagear o centenário da Independência do Brasil. A pequena embarcação, batizada “Independência”, era formada por apenas seis paus de madeira, um pequeno mastro com vela e não levava nenhum aparelho de navegação. Eles chegaram no Rio depois de 98 dias de viagem.




A escultura de Graciliano, que morreu em 1953, foi reproduzida de pé, como se estivesse caminhando no calçadão da Pajuçara, bairro onde ele morou. Feita pelo mineiro Léo Santana, o mesmo autor da escultura do poeta Carlos Drummond de Andrade instalada no calçadão de Copacabana, no Rio de Janeiro.



Feirinhas de artesanato


A Feira de artesanato de Pajuçara é o melhor lugar da orla de Maceió para comprar as lembrancinhas da viagem. A feirinha tem muitas opções de artesanato como redes, camisetas, roupas de rendas, imãs de geladeira, brinquedos em madeira e muito mais.

Para mais opções de artesanato em Maceió, a indicação é o Mercado Central, com 250 lojas. Ele fica no centro da cidade em um pavilhão bem organizado e com valores mais atrativos por não ser tão turístico.




Réplica oficial da Estátua da Liberdade



É no Bairro Jaraguá, na Praça 18 de Copacabana, ao lado da Prefeitura de Maceió, fica a Réplica Oficial da Estátua da Liberdade.


Uma curiosidade. A capital alagoana estaria entre as poucas cidades que possuem uma réplica original da Estátua da Liberdade americana.


De acordo com algumas fontes, só existiriam apenas três estátuas no mundo. A principal em Nova York, outra de tamanho mediano em Paris e a menor em Maceió.





Não se prenda apenas às praias na orla de Maceió e dê chance aos passeios que exploram outras praias de Alagoas, com piscinas naturais de águas claríssimas, como Praia do Gunga, Praia do Francês (é frequente ver golfinhos, cinza e preto e também tem Campeonato Mundial de Surf), Barra de São Miguel que ficam ao Sul de Maceió, e ao Norte a famosa:

Maragogi


PRAIA DO FRANCÊS PRAIA DO GUNGA


BARRA DE SÃO MIGUEL MARAGOGI



Para finalizar, vá à Maragogi, indo mais ao norte, como é um pouco mais distante, uns 133 km, recomendamos que vá e durma algumas noites por lá.

Maragogi tem as águas mais claras do Brasil. Assim você pode curtir seu dia relaxando no mar, fazendo passeio de buggy ou até um tour panorâmico.

Fomos em 2019, ficamos 4 dias por lá. Confira os vídeos e conheça um pouquinho de Maragogi:




Confira também os posts de Maragogi com algumas dicas importantes:





O que fazer em Maceió a noite

Para curtir a noite, Maceió também não decepciona, pois tem opções de diversão para todas as idades. Iniciando por quem busca uma noite mais tranquila, a feirinha de artesanato de Pajuçara, que mencionamos anteriormente, fica aberta diariamente até às 23h.

Você ainda pode dar uma caminhada pela orla que fica agitada até tarde.  Jantar em algum dos diversos restaurantes da região e então dar uma volta para conhecer a vida noturna de Maceió. Pensando nisso, vários bares também oferecem happy hour e música ao vivo durante a noite.


DICAS E CONCLUSÃO SOBRE MACEIÓ-AL


- É bom lembrar que Maceió é considerada a maior cidade do estado de Alagoas, com mais de 1 milhão de habitantes, dessa forma, é sempre bom redobrar a atenção, quanto a segurança. Fique sempre atento!

- Se você tiver, não deixe de levar seu snorkel e câmera prova d'água, pois assim economizará com o aluguel durante a viagem.

- Traga sapatilhas ou tênis aquáticos para aproveitar bem as piscinas naturais para não correr o risco de se machucar.

- Apesar de ser uma cidade grande, percebemos que o povo de Maceió são muito receptivos, bem-humorados e sempre prontos a ajudar.

- Sem dúvida, Maceió é uma cidade deslumbrante, a qual encanta todos os seus visitantes por conta de seus museus, edifícios, praias, lagoas, e paisagens magníficas, mas também pelas suas gentes, que deixam qualquer pessoa apaixonada.

- Se ainda não conhece a capital de Alagoas, marque nos seus planos futuros uma viagem até Maceió. Não vai se arrepender e vai querer voltar!

- Impossível não se encantar com sua orla iluminada por luzes, por sua culinária, por suas paisagens coloridas por tantos tons que não cabem nas fotografias.








84 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page