top of page
  • Foto do escritorMarta Jardi

Aracaju-SE: Alguns passeios na bela capital do menor estado do Brasil

Atualizado: 10 de mar. de 2023

Mesmo não sendo tão famosa quanto outras capitais nordestinas, Aracaju vai lhe surpreender.


Aracaju não costuma ser a primeira escolha do turista entre os principais destinos, mas quem visita fica encantado. Apesar do status de capital, Aracaju mantém um ar de cidade pequena.

A primeira e mais importante coisa que você precisa saber sobre Aracaju antes de visitar a cidade é que ela é eleita uma das 5 capitais mais baratas do Brasil. Isso significa que você vai gastar menos com as diárias do hotel, com restaurantes e com passeios. Muuito bom né?! Ficamos no Hotel da Costa em Atalaia, confira nossa hospedagem, clicando aqui


Aracaju é eleita também como a capital com melhor qualidade de vida, assim como João Pessoa na Paraíba. Belas praias que se estendem por quilômetros, um clima quente, comida deliciosa e uma população simpática e acolhedora.


Tudo é perto. Quase todos os lugares a se visitar (com exceção de algumas praias – mas não todas!) estão a menos de 15 minutos de distância.

A cidade não é tão grande – são pouco mais de 570 mil moradores – e isso nos permite fazer deslocamentos mais rápidos, com chances de aproveitar mais áreas da cidade. E há uma confortável sensação de segurança.


Os aracajuanos são muito hospitaleiros, adoram ajudar e receber bem. 

Embora seja uma capital, como já dissemos, ainda tem gostinho de cidade pequena.


A praia, de água morna, é perfeita para banho e tem várias opções de barracas, sendo um bom local para aproveitar um dia ensolarado.

A orla é um lugar muito turístico e tem segurança reforçada. À noite, bares e restaurantes movimentam o local, que é o mais agitado da cidade em termos de vida noturna.



Os Arcos de Atalaia, símbolo de Aracaju, assim como o famoso letreiro “Eu Amo Aracaju”.


Feira do Turista



Localizada em frente à Orla de Atalaia, a Feira do Turista é um complexo de lojinhas charmosas e variadas. Tem de tudo: roupas, sapatos, chapéus, objetos de decoração feitos em mosaico, pintura em azulejo, biquínis, roupões e artesanatos em geral, além de outros artigos. Há também lanchonetes e restaurantes. A Feira do Turista abre todos os dias às 09h, mas a maioria das lojas funciona a partir das 16h até às 23h.


Tirar uma foto com o caranguejo gigante


Essa escultura de um caranguejo gigante fica na passarela do caranguejo e é um desses objetos que muitos param para tirar foto e simbolizam muita bem o destino.


Visitar o Centro de Arte e Cultura de Sergipe

No coração da orla de Atalaia, o Centro de Arte e Cultura de Sergipe é o principal ponto de venda de obras artesanais de Aracaju. Por dentro dessa linda estrutura amarela existem várias barraquinhas, onde são disponibilizados os objetos e por fora há restaurantes e quiosques para o turista tomar uma água de coco e sentir o vento fresco que surge do mar.

(PARECE QUE ESTÁ TEMPORARIAMENTE FECHADO)



Oceanário (Projeto Tamar)

A primeira coisa que nos impressionou no Oceanário de Aracaju foi o seu formato de tartaruga gigante. Do alto, pelas imagens do drone, você consegue ver como a construção é criativa, olha só a foto a seguir.

Localizado na Orla de Atalaia, a 500 metros do mar, o Oceanário de Aracaju é administrado pelo Projeto Tamar e conta com 70 espécies diferentes, todas nativas do litoral sergipano e também do rio São Francisco. Ao todo, são 18 aquários (cinco de água doce e 13 de água salgada). Nos tanques é possível observar tartarugas marinhas em diversos estágios de vida, de filhotes a adultas.




Tudo é organizado em espaços temáticos e painéis explicativos sobre o ciclo de vida, o papel na natureza e o que ameaça a sobrevivência das tartarugas marinhas.



Apreciar as obras do belíssimo Museu da Gente Sergipana



O Museu da Gente Sergipana inaugurado em 2011, foi projetado por Marcello Dantas, também responsável pelo Museu da Língua Portuguesa, em São Paulo.

Perfeito até para quem não gosta de museus em geral, o Museu da Gente Sergipana abusa da interatividade e da criatividade!

E, como se isso não fosse o bastante, a sua entrada ainda é gratuita

O museu funciona de terça a sexta, das 10h às 16h, e de finais de semana, das 10h às 15h.

Como estávamos na cidade numa segunda-feira, infelizmente não o visitamos. 😭

Mas para nossa alegria rsrsrs, em frente ao Museu, tem o Largo da Gente Sergipana!


Largo da Gente Sergipana


O Largo da Gente Sergipana é um monumento localizado aos pés do Rio Sergipe, que homenageia os movimentos culturais e a identidade do povo sergipano. O monumento consiste num total de oito estátuas, que representam, cada uma, diversas manifestações folclóricas típicas.




Rio Sergipe



Genuinamente sergipano, o rio Sergipe carrega em si o nome de nosso Estado. Seus 210 km percorrem 26 municípios sergipanos, desde sua nascente na Serra Negra na divisa com a Bahia, até desaguar no Oceano Atlântico, entre os municípios de Aracaju e Barra dos Coqueiros. São 3.673Km² (16,70% do território sergipano) de águas que são fonte de vida e alimento para parte da população sergipana. Águas que carregam beleza, cultura e histórias de vida.



Ponte do Imperador D. Pedro II


A vista da ponte do imperador Dom Pedro II, em pleno centro da cidade. Fica em frente ao Rio Sergipe.


Orla Pôr do Sol



Um famoso cartão postal da capital sergipana, é um ponto turístico onde acontece um pôr do sol maravilhoso com uma paisagem deslumbrante. 

Um lindo deck de madeira com vista para manguezais é o ponto de embarque para os passeios de barco.

A Orla do Pôr do Sol é um dos locais mais bonitos de Aracaju. O sol descendo entre as nuvens forma uma paisagem espetacular. Alguns barquinhos ancorados completam o cenário. Um local para guardar na memória. A Orla Pôr do Sol fica à beira do rio Vaza Barris, na região de Mosqueiro, a 30 minutos (20Km) da Orla do Atalaia, um espaço para contemplação do melhor pôr do sol de Sergipe



Calçadão Formosa


Ponto turístico relativamente novo de Aracaju, o Calçadão Formosa foi inaugurado em 2016 e é um sucesso. Logo no início do dia ou finzinho da tarde, o local vira ponto de encontro para corredores, ciclistas ou visitantes que queiram observar a bela paisagem. O espaço conta com equipamentos para exercício físico, fontes de água, iluminação LED, além de lazer para as crianças. Calçadão da Praia Formosa Aracaju, Av. Beira Mar.


CONCLUSÃO SOBRE ARACAJU-SE

Você vai querer morar lá!

A cidade é barata, a comida é boa, ritmos animados, povo receptivo e tantos lugares bonitos e ir de um lugar a outro é muito fácil.  Cuidado! É bem provável que você vá embora querendo ficar – ou acabe voltando depois.

Por isso, pelos preços e por tantas razões farão você, amar Sergipe.

E aí, quem conhece Aracaju e concorda? E quem ficou com vontade de conhecer?


Nós ficamos no Hotel da Costa by Nobile e amamos ♥


13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page